Castro Alves

 

 

 

A comunidade de Castro Alves começou a surgir na década de 80, tendo começado com cerca de 60 famílias (a maioria vinda do Norte do Brasil). Atualmente a comunidade não conta com serviços como posto de saúde e escola dentro da comunidade. Eles têm que encontrar serviços nas áreas próximas. As ruas da comunidade são pavimentadas e a tubulação de esgoto foi feita pelos moradores, precisando de reparos hoje em dia. Também há necessidade de reparos nas escadarias, também feitas pelos moradores, e troca de postes muito antigos que estão deteriorados. Para resistir à remoção por parte do Estado, foi fundada a associação de moradores. Até os dias de hoje, a terra não é regularizada e há cerca de 600 famílias na comunidade.

 

Notícias relacionadas

 

Maio/2016

Reformas na comunidade Castro Alves no Fonseca

 

Artigos

 

A luta pelo direito à cidade na Região Metropolitana do Rio os casos de Vila Autódromo e Castro Alves

 

 

 

Copyright 2019 - STI - Todos os direitos reservados

Translate »